quinta-feira, 25 de fevereiro de 2021

Treino de Corrida na Etiópia




Observem as sequências das atividades em um treino na Etiópia. É bem dinâmico e participativo, mas fica evidente que o nível dos atletas, são pelo ao menos para esses exercícios bem parecidos o que facilita todo o processo.

segunda-feira, 4 de janeiro de 2021

Mudando de faixa 6.0

 

Vídeo Motivacional do Momento Corrida

Buscando no dicionário o significado da palavra idoso achei a seguinte informação:

adjetivo substantivo masculino

  1. que ou quem tem muitos anos de vida; velho.

Vou tomar este conceito como uma definição apenas de um dicionário e não o que realmente me sinto.

Pois é, agora oficialmente sou idoso e podendo usufruir de alguns direitos dentre eles a estacionar em local diferenciado, pagar meia entrada em alguns eventos e até em algumas corridas, quando da inscrição pagar só a metade e talvez até me beneficiar de prioridade em alguns acessos.

Reconheço que em alguns pontos não tenho mais aquela predisposição toda inclusive de valorizar coisas que até então me faziam perder os cabelos, e, diga-se de passagem, perder os cabelos é uma das consequências que com o passar dos anos me aconteceram e os que sobraram se estão brancos ou não, se o meu rosto tem rugas, sinceramente não me fazem muita diferença.

Hoje, opto por alguns alimentos menos gordurosos e doces, ter pressa para algumas coisas, ou sofrer se o meu time perdeu, e por aí vai, hoje, tanto faz.

O tempo passa e aprendizados sempre vão surgindo e pelo tempo vivido aprimora-se alguns sentimentos que até então pela juventude passam desapercebido ou que pelo ao menos naquele momento você possa achar desnecessário e por isso posterga.

Bem antes de completar os 60 anos já comecei ou me esforcei para colocar em prática alguns desses ensinamentos como:

  • ü  Valorizar o sorriso a brincadeira e alegria;
  • ü  fazer exercícios buscando uma atividade que lhe dê prazer;
  • ü  sempre que possível viaje;
  • ü  ser paciente com você e com o outros;
  • ü  não super valorizar as adversidades;
  • ü  dedicar-se ao outro;
  • ü  ouvir;
  • ü  não guardar rancor;
  • ü  ser resiliente;
  • ü  mantenha-se sempre ousado;
  • ü  interagir com pessoas mesmo que não façam parte do seu ciclo de convívio diário; 
  • ü  fazer sexo mesmo que moderadamente; 
  • ü  ser gentil;
  • ü  fazer o bem sem esperar a reciprocidade;
  • ü  não criar expectativas nos outros;
  • ü  acreditar na sua capacidade mesmo que você reconheça suas limitações;
  • ü  não terceirizar a sua fé;
  • ü  valorizar as suas conquistas, independente do que os outros possam achar;
  • ü  ter consciência da sua finidade e, portanto, não deixar algumas coisas pra depois, mas nem por isso, deixe de criar metas e objetivos;
  • ü  ser uma pessoa proativa;
  • ü  ser sincera e não conveniente;
  • ü  exercitar a mente,
  • ü  não dormir muito tarde e acordar cedo,
  • ü  procurar evitar dormir durante o dia;
  • ü  fazer amizades,
  • ü  não entrar em discussão sobre assuntos onde a outra pessoa é radical;
  • ü  não comer muito no almoço e sim moderadamente durante o dia;
  • ü  procure sempre andar asseado ou simplesmente cuidado será o bastante;
  • ü  use roupas confortáveis se são de marcas, acredite não lhe fará a menor diferença;

e mais alguns que com o tempo não lembro, e a memória será um dos problemas que podem acontecer com você, mas reverta isso a seu favor.

Bom, por fim é continuar colocando em prática o que a vida me tem ensinado e com cuidado e moderação curti-la e sempre lembrando que ela e finita e o que realmente ficará serão os exemplos das suas atitudes. 

Um dia seremos só lembranças e se possível que sejam boas.


Como forma de esclarecimento segue abaixo o “Estatuto do Idoso”, a Lei 10.741/2003 que tem como objetivo regular os direitos do cidadão com 60 anos ou mais.


DIREITOS DO IDOSO

Aos maiores de 65 anos que não terem como se sustentar, é garantido 1 salário-mínimo por mês, conforme a Lei Orgânica da Assistência Social;

Aos enfermos, é assegurado o atendimento domiciliar pelos conveniados ao SUS;

Aos concurseiros, a idade mais elevada é critério de desempate;

Direito ao respeito: inviolabilidade da integridade física, psíquica e moral do idoso;

Direito à moradia digna: com sua família ou em instituição pública ou privada;

Direito à gratuidade de medicamentos, próteses e quaisquer recursos relativos a tratamento, habilitação ou reabilitação do idoso, em esferas públicas.

Prioridade de aquisição de imóvel em programas habitacionais com dinheiro público.

DEVERES DA SOCIEDADE CIVIL E DO ESTADO

Deve-se assegurar, com prioridade, o direito à vida, à saúde, à educação, à cultura, ao trabalho, à cidadania, entre outros previstos a todos;

Assegurar a convivência familiar e comunitária;

Garantir dignidade e evitar tratamento desumano, violento ou constrangedor;

Capacitar profissionais para atendimento às necessidades dos idosos;

Orientar cuidadores e grupos de autoajuda nas instituições de saúde;

Criar oportunidades de acesso à educação, adequando metodologia, material didático e conteúdo que contemple tecnologias, visando a integração digital;

Abordar no ensino o processo de envelhecimento e o respeito aos idosos, a fim de combater preconceito e produzir conhecimentos;

Reservar 10% dos assentos do transporte coletivo e 5% das vagas nos estacionamentos públicos e privados;

Atender à gratuidade dos maiores de 65, em transportes coletivos urbanos e semi-urbanos;

Está proibida a discriminação e um limite de idade, em emprego e concurso;

Está proibida a cobrança de valores diferenciados em razão da idade nos planos de saúde.



quarta-feira, 2 de dezembro de 2020

O Mês da Consciência Negra acabou, mas a luta continua.

 



No dia 14 de maio, eu saí por aí
Não tinha trabalho, nem casa, nem pra onde ir
Levando a senzala na alma, eu subi a favela
Pensando em um dia descer, mas eu nunca desci

Zanzei zonzo em todas as zonas da grande agonia
Um dia com fome, no outro sem o que comer
Sem nome, sem identidade, sem fotografia
O mundo me olhava, mas ninguém queria me ver

No dia 14 de maio, ninguém me deu bola
Eu tive que ser bom de bola pra sobreviver
Nenhuma lição, não havia lugar na escola
Pensaram que poderiam me fazer perder

Mas minha alma resiste, meu corpo é de luta
Eu sei o que é bom, e o que é bom também deve ser meu
A coisa mais certa tem que ser a coisa mais justa
Eu sou o que sou, pois agora eu sei quem sou eu

Será que deu pra entender a mensagem?
Se ligue no Ilê Aiyê
Se ligue no Ilê Aiyê
Agora que você me vê

Repare como é belo
Êh, nosso povo lindo
Repare que é o maior prazer
Bom pra mim, bom pra você
Estou de olho aberto
Olha moço, fique esperto
Que eu não sou menino

Composição: Jorge Portugal / Lazzo Matumbi